Curitiba Underground

1 ago 2015 em Moda

Eu moro em Curitiba desde pequena, apesar de ter nascido em Erechim (RS), fui criada e acolhida por essa cidade tão especial, educada e maravilhosa, cheia de adversidades interessantes, com diversas oportunidades e passeios.
1-

Poucas pessoas conhecem Curitiba de verdade e mais poucas ainda acreditam que os curitibanos sejam egocêntricos, fechados e antipáticos, PURO MITO. A realidade é que Curitiba e seus nativos são educados de maneira singela e respeitosa, somos pessoas um tanto quanto tímidas e mais ainda reservadas, gosto sempre de dizer que com o curitibano é tudo muito sincero, ou ele vai com a sua “cara” ou ele não vai… E o convívio sempre acaba tornando tudo mais íntimo e divertido, acho que quem tem um bom amigo curitibano sabe o que estou querendo dizer.

Esse post será dedicado a conhecer um lado de Curitiba diferente de tudo que aparece nas redes ou mídias, vamos mais ao fundo e ao coração de Curitiba, fugindo um pouco daquelas mesmices de sempre, afinal, esta terrinha tem muito mais á mostrar do que vocês possam imaginar e nada melhor que uns bons clicks ao olho de minha amiga/profissional Mehjji Moana, para vocês entenderem porque acho Curitiba tão Europeia.

Tentei fazer um material bem despojado e diversificado para mostrar á vocês um lado interessante e alternativo de Curitiba, claro que existem inúmeras atrações e locais para se conhecer nessa cidade fria e cultural, mas aqui está um lado underground bem interessante e que serve como cenário para excelentes fotos e vídeos.

Largo da Ordem:

Todo mundo daqui ou que conhece um pouco mais a cidade já ouviu falar do Bar do Alemão né?? Pois é, o mesmo fica situado em uma região conhecida como “Largo da Ordem” as ruas de pedras e os monumentos antigos trazem toda a elegância e sensualidade para este local “centrano”, aqui as pessoas passeiam e se movimentam para o restante da cidade, inúmeras pessoas ocupam esse espaço histórico que nas noites assume grandes risadas, boas comidas e o prazeroso submarino.

2

Um pouco mais á frente encontrámos o túnel que leva ao outro lado do centro e a central de tubos dos ônibus que locomovem as pessoas para todas as demais regiões da cidade, um túnel que me chama a atenção pela bela arte na parede onde o colorido demonstra a vitalidade e a alegria de uma velha senhora, com a tal “expressão curitibana”.

3

Complemento: Look street para um lugar bem street torna tudo mais equilibrado, sorte que o sol estava raiando e a alegria de morar e fazer parte de uma cidade tão limpa e artística me deixa cada vez mais a vontade diante das lentes da Mehjji.

Centro Cívico:

Existem inúmeras estruturas culturais e históricas que fazem desta cidade tão dependente, tanto é que cada cultura têm aqui seu espaço e admiração, bosques e museus trazem à tona todas as nacionalidades que por aqui peregrinaram e decidiram deixar seu talento cravado e registrado, como sua fã eu não poderia não registrar no nosso famoso “Museu do olho” (Oscar Niemeyer) talento nato que trouxe uma beleza moderna e diversificada, o artista se  consolidou de uma maneira tão positiva e surpreendente que várias pessoas veem á cidade para conhecer em especifico tamanha obra de arte estrutural.

4

Um pouco ao lado de “Oscar” temos a famosa Praça do Iguaçu, uma praça pequena, mas que traz um paisagismo colorido que impressiona qualquer ser humano, a obra de arte cria um contraste com o céu nublado (muitas vezes) desta cidade, representa a felicidade dos curitibanos e a rotina colorida que levamos no nosso dia a dia, mesmo congelando.

5

 

Mas quem acha que Curitiba só vive de centro está muito enganado…

Batel:

Batel e seu estilo inglês de ser. Coração de Curitiba e alegria dos noturnos, bairro elegante, cheio de vida e atividades, festas e restaurantes impressionantes. O Batel nada mais é que o “point” da galera, sabe aqueles curitibanos entojados que vocês acreditam existir, então, aqui eles contradizem todo o mito criado e nada além de agregados culturais, risadas e boa paisagem não compense o coração dos “ignorantes” que ainda acham que Curitiba é uma cidade ríspida e cheia de egocentrismo no ar.

Vicente Machado:

Primeira parada e Mehjji manda bala com suas lentes milagrosas e seu talento nato. Na mais bela e alternativa parede da cidade com o melhor hambúrguer, ao estilo underground, sem muito fazer sentido mais contagiando o povo que por aqui passa e admira tanto talento e tanta criatividade. Look poprock para combinar com o tema e clima, agora uma licencinha para meu pedido: Mushroom Burger com double chopp (taca o dissolver ai Mehjji hahahahaha)

6

Uns passinhos para frente e papo de macho agora, cabelo e bigode ao estilo Francês. Rapazes vocês deveriam conhecer este lugar e esta cadeira, me apaixonei tanto pelo design e decoração que gostaria de ter barba só para mensalmente comparecer neste lugar (mentirinha, cortamos a parte da barba okay), em pleno Vicente Machado, quase perto de um dos melhores salões de Curitiba (onde a nata se encontrar para falar mal da vida alheia e desfilar com suas luxuosas etiquetas) se encontra em uma pequena porta, chãos clássicos e cadeiras anos 70 uma barbearia (Rei da Barba) muito a cara de Charles Chaplin, sem etiqueta somente falando dos velhos e bons tempos de Ford T.

7

Você já deve ter ouvido falar no Hard Rock certo? Aquela lanchonete ao som do rock clássico com o melhor e mais gorduroso cardápio do mundo e um milk shake que da mais orgasmo que sexo, pois é esse mesmo, conhecido mundialmente e aterrissando aqui (Curitiba City), e agora você ainda acredita que Curitiba não foi roubada da Europa?! Hahahahahaha.

Um clique instantâneo e autêntico para registrar tamanha emoção de receber um conceito deste em minha cidade, se preparando para a obesidade “porque daqui eu não saio e daqui ninguém me tira.”

8

9

Old School, adolescência é tão chata mais tão legal ao mesmo tempo, sweet sixteen, túnel do tempo e “simborá” relembrar daqueles uniformes europeus e americanos, com saias e meias 7/8, blazers assentados e cachecóis exagerados esperando a neve chegar, pois bem Curitiba tem dessas (não neva mas a sensação térmica é quase de neve), quando pensei neste look não poderia ter ido á um lugar diferente, Pestana um Hotel Flat que fica bem localizado com diversidades aos redores: charutaria, bar, shopping, Hard Rock, coffes shops, etc… Sabe aqueles apart Hotel de Manhattan, então, quase igual só que mais paraguaio hahaha, brincadeiras a parte, eu aconselho muito a estadia aqui e uma paradinha descompromissada no Tesoros de Cuba uma charutaria que incrivelmente lhe levará para Londres com certeza (um Dalmore 18 e um Cohiba, por favor, para apreciar este momento de surrealismo).

10

11

Galera para fechar com chave de ouro gosto de ressaltar que os locais citados apesar de ter seus créditos eles estão focado na localização e na estrutura para tirar fotos (principalmente), os temas englobados e a escolha foi feita mediante ao cenário. Existem inúmeras atrações e pontos em Curitiba que valem a pena ser conhecidos e apreciados, em breve farei um post dando algumas dicas de lugares para diversões e lazeres na cidade, espero que tenham gostado do bate papo de hoje, dos cliques (com oferecimento especial a Mehjji Moana e toda a sua equipe que sempre é atenciosa e cordial com as minhas loucuras) e das piadinhas.

 

Com carinho,
ass

Tags:

Comentários